Memorial aos Heróis da Grande Guerra em Nuremberga (Nürnberger Ehrenhalle)

Memorial aos Heróis da Grande Guerra em Nuremberga (Nürnberger Ehrenhalle)

 

Nuremberga

Nürnberg, (em português: Nuremberga), é uma cidade independente (kreisfreie Stadt) alemã, situada a Norte do estado da Baviera na região administrativa (Regierungsbezirk) da Média Francónia. Nuremberga é a maior cidade da região histórica Francónia com, aproximadamente, meio milhão de habitantes.

A cidade em conjunto com as cidades vizinhas Fürth, Erlangen e Schwabach formam o centro económico e cultural do Norte da Baviera, denominado de Região Metropolitana de Nuremberga desde 2005.

Apesar da enorme destruição da cidade durante a Segunda Guerra Mundial, a maioria das construções medievais foram reconstruídas a partir de planos originais existentes desde a Idade Média. Até hoje, o centro histórico é rodeado pela antiga muralha com uma extensão de 4 km. Albrecht Dürer passou a maior parte da sua vida em Nuremberga, sendo sua antiga residência (Albrecht-Dürer-Haus) um museu com exposições sobre a sua vida.

A cidade, porém, também é conhecida por ter sido a localização de inúmeros comícios do Partido Nazi (NSDAP), assim como, pelos Julgamentos de Nuremberga, após a Segunda Guerra Mundial, nos quais foram sentenciados os criminosos de guerra da Alemanha Nazi.

 
MEMORIAL AOS HERÓIS DA GRANDE GUERRA EM NUREMBERGA
 

Nürnberger Ehrenhalle

Reichsparteitagsgelände, (em português: Áreas de desfile do Partido Nazi), na cidade de Nuremberga, na Alemanha, compreende um conjunto de construções utilizadas nos congressos do Partido Nazi (NSDAP) entre 1933 e 1938.

Nürnberger Ehrenhalle, (em português: O Memorial aos Heróis da Grande Guerra em Nuremberga), foi erguido em Luitpoldhain entre 1928 e 1929. Após a inclusão da área na zona do congresso do partido nazi, o salão serviu de “cenário teatral para a encenação da ditadura”.

Uma característica chave do design do salão é a fileira de arcadas em arco, que são baseadas na arquitectura romana. O adro é ladeado por postes de pedra. As formas reduzidas e o material conferem ao salão um efeito monumental.

 
O RECINTO ENTRE 1933 E 1945: OS EDIFÍCIOS
 

Nürnberger Ehrenhalle (Luitpoldhain)

Luitpoldhain (Luitpoldarena) – A partir de 1933, o parque Luitpoldhain foi substituído por um campo de desfile estritamente estruturado, o Luitpoldarena, com uma área de 84.000 m2. Foi erguida uma tribuna para os oradores em frente ao Salão de Honra. A comemoração do “Hitlerputsch” (a tentativa falhada de golpe de Estado de Adolf Hitler e do Partido Nazi contra o governo da região alemã da Baviera, ocorrido em 9 de Novembro de 1923) foi comemorada no próprio Salão de Honra. A ligação directa entre a tribuna e o salão consistia num amplo caminho de granito.

As marchas das Sturmabteilung (SA) e das Schutzstaffel (SS), nas quais participavam até 150.000 pessoas, tiveram lugar neste conjunto durante os encontros do Partido Nazi. A “relíquia” central era a bandeira de sangue que alegadamente tinha sido levada pelos “Putschisten” durante o “Putsch” de Hitler. Na consagração da bandeira de sangue, novas normas das unidades (SA) e (SS) foram “consagradas” na cerimónia do “tocar” na bandeira.

 

Nürnberger Ehrenhalle (Luitpoldhalle)

Luitpoldhalle (Salão Luitpold) – Possuía uma área de 180×50 metros e podia acomodar até 16.000 pessoas. O congresso do partido foi realizado neste salão como parte dos comícios do “Reich Party Rallies”. Uma vez que a fachada “art nouveau” lúdica do salão, construída em 1906, não correspondia ao aspecto da Luitpoldarena, foi coberta, em 1935, com um cenário austero que deu à entrada uma impressão monumental. Também no interior, bandeiras e cortinas desviavam a atenção do público da arquitectura para os oradores, nomeadamente Adolf Hitler e outros grandes nomes do partido. O maior órgão da Europa foi aqui construído.

O salão, danificado por uma bomba, foi detonado e demolido em 1950. A área é agora utilizada como parque de estacionamento.

Histórias de A a Z
— TEMA RELACIONADO —
 
Terceiro Reich
Colecção ‘Winterhilfswerk’
— FILATELIA —