Castelo de Nuremberga (Nürnberger Burg)

Castelo de Nuremberga (Nürnberger Burg)

 

Nürnberg

Nürnberg, (em português: Nuremberga), é uma cidade independente (kreisfreie Stadt) alemã, situada a Norte do estado da Baviera na região administrativa (Regierungsbezirk) da Média Francónia. Nuremberga é a maior cidade da região histórica Francónia com, aproximadamente, meio milhão de habitantes.

A cidade em conjunto com as cidades vizinhas Fürth, Erlangen e Schwabach formam o centro económico e cultural do Norte da Baviera, denominado de Região Metropolitana de Nuremberga desde 2005.

Apesar da enorme destruição da cidade durante a Segunda Guerra Mundial, a maioria das construções medievais foram reconstruídas a partir de planos originais existentes desde a Idade Média. Até hoje, o centro histórico é rodeado pela antiga muralha com uma extensão de 4 km. Albrecht Dürer passou a maior parte da sua vida em Nuremberga, sendo sua antiga residência (Albrecht-Dürer-Haus) um museu com exposições sobre a sua vida.

A cidade, porém, também é conhecida por ter sido a localização de inúmeros comícios do Partido Nazi (NSDAP), assim como, pelos Julgamentos de Nuremberga, após a Segunda Guerra Mundial, nos quais foram sentenciados os criminosos de guerra da Alemanha Nazi.

 
CASTELO DE NUREMBERGA
 

Nürnberger Burg

Nürnberger Burg, (em português: Castelo de Nuremberga), é um edifício histórico implantado num rochedo de arenito, localizado a Norte da histórica cidade de Nuremberga, na Alemanha.

É composto por três secções: o castelo imperial (“Kaiserburg”), alguns edifícios do Condado de Nuremberga (“Burggrafenburg”) e os edifícios municipais da Cidade Imperial situados a Oriente (“Reichsstädtische Bauten”).

Investigações arqueológicas efectuadas recentemente indicam que o castelo, por volta do ano 1000, já se encontraria implantado, embora não exista qualquer prova documental.

A primeira prova da sua existência é no ano 1050, quando Henry III visitou a cidade, mas não há menção específica sobre o castelo. O castelo não aparece em nenhum documento, até 1105.

Em 1140, o Rei Conrad III começou a construir um segundo castelo no local, para ser utilizado como residência real.

No século XIII, Nuremberga tornou-se Cidade Imperial Livre e o castelo passou a ser gerido pela cidade. De todas as fracções do castelo construídas, a “Luginsland Tower” (Torre do Relógio) iniciada em 1377, destaca-se entre as restantes.

Diz a lenda que em 1381, o Barão, e ladrão, Eppelein von Gailingen, escapou da forca quando o seu cavalo entrou no fosso do castelo. Diz-se que neste lugar ainda são visíveis as marcas dos cascos do cavalo na parede da fortificação.

No segundo trimestre do século XIX foram tomadas medidas para preservar os edifícios.

Depois da chegada dos nazis ao poder em 1933, iniciou-se a transformação no Castelo Imperial. Foi o local escolhido para os Encontros Nacionais do Partido Nazi. Serviu como alojamento das altas individualidades do estado.

Após os danos causados pela Segunda Guerra Mundial, o castelo foi reconstruído mantendo o formato original.

Na sua história, serviu como estrutura defensiva, como residência de imperadores, como castelo imperial dos Condes de Hohenzollern e actualmente como referência arquitectónica para o estudo das principais instalações militares da Europa.

Relativo à cidade de Nuremberga é considerado como um dos mais importantes monumentos artísticos e arquitectónicos da cidade e pertence à “Historical Mile Nuremberg” (Milha Histórica de Nuremberga).

Actualmente, os edifícios municipais localizados a Leste do castelo, os Estábulos Reais “Kaiserstallung” e a Torre de Vigia “Luginsland” funcionam como albergues da juventude.

Histórias de A a Z
— TEMAS RELACIONADOS —
 
Terceiro Reich
República de Weimar
Colecção ‘Friedrich Ebert’
Colecção ‘Ludwig van Beethoven’
— FILATELIA —