Karl Wilhelm Rudolf von Bennigsen (1824–1902), Político

Karl Wilhelm Rudolf von Bennigsen (1824–1902), Político

 

Karl Wilhelm Rudolf von Bennigsen

Karl Wilhelm Rudolf von Bennigsen, natural de Hanôver, Alemanha, foi um político alemão liberal no século XIX.

Como parlamentar, acompanhou o processo de unificação e trabalhou com Otto von Bismarck. Este facto foi visto por alguns como uma abordagem pragmática das realidades, por outros como uma traição à causa liberal. Bennigsen foi um dos liberais que se manifestou a favor do projecto de indemnização em 1867. Como resultado, Rudolf von Bennigsen foi um dos fundadores do Partido Nacional Liberal.

Enérgico defensor da liberdade religiosa, tornou-se líder da oposição liberal e, em 1859, foi presidente da “Nationalverein” (União Nacional Alemã), que fundou com Johannes von Miquel. Os objectivos da organização defendiam uma Alemanha unida liderada pela Prússia, um parlamento totalmente alemão e a exclusão da Áustria. Depois que o “Nationalverein” foi dissolvido em 1867, Rudolf von Bennigsen foi fundamental na fundação do Partido Liberal Nacional, o grupo dominante no “Reichstag” (Parlamento) durante a maior parte da década de 1870.

Bennigsen tentou, sem sucesso, impedir que Hanôver entrasse na Guerra das Sete Semanas (1866) ao lado da Áustria e, após a derrota da aliança austríaca, queria que os territórios do seu soberano permanecessem um estado separado.

Após a transformação de Hanôver numa província da Prússia, entrou na câmara de deputados prussiana e na ‘dieta’ (parlamento) da Confederação da Alemanha do Norte, recusando a oferta do chanceler Otto von Bismarck para chefiar o governo provisório da nova província.

De 1871 a 1897, com excepção de uma aposentadoria de quatro anos (1883-87), foi membro do “Reichstag” totalmente alemão e serviu como seu presidente de 1873 a 1879. Em 1877, a tentativa de Bismarck de trazê-lo para o gabinete não resultou devido à oposição do imperador Guilherme I e da insistência de Bennigsen na nomeação de dois outros colegas do partido para cargos ministeriais. As relações com o chanceler alemão esfriaram quando os Liberais Nacionais rejeitaram as políticas proteccionistas de Bismarck em 1879, uma acção que também destruiu o poder do partido. Nesse mesmo ano, um grupo proteccionista de direita separou-se do partido e no ano seguinte foi a vez de um grupo mais radical.

Em 1888, Guilherme II nomeou Bennigsen como presidente da província de Hanôver. Bennigsen aposentou-se da vida pública em 1897.

Histórias de A a Z
— TEMA RELACIONADO —
 
Colónias Alemãs e Postos de Correio Alemão no Estrangeiro